‘’Eu vim para que todos tenham vida, e a tenham com abundância’’ (Jo 10,10)

‘’Eu vim para que todos tenham vida, e a tenham com abundância’’ (Jo 10,10)

Partindo deste princípio, nós Cristãos Leigos e Leigas do CNLB - Conselho Nacional do Laicato do Brasil – Regional Sul 2 da CNBB. Vimos à público manifestar nosso repúdio e posição contrária à cultura de morte e descaso com a vida diante de qualquer tentativa de liberação e descriminalização da prática do aborto. Não temos dúvidas que o impacto do aborto trás consequências desastrosa na vida da mulher, mesmo sendo o ato praticado ‘’consciente’’ ou ‘’inconsciente’’ amparado em lei ou não.

Estamos vivendo um momento de conjuntura política onde manifestações, nota de repúdio e atos popular parece que não ecoa nos ouvidos dos representantes legais deste país. Mesmo assim, não podemos nos omitir e ratificamos nosso compromisso de cristãos em defesa da vida humana desde a sua concepção até a morte natural. O aborto é a soma de dois crimes, pois não se limita somente à atrocidade de negar a luz a uma existência, como também tenta legitimar a mais bárbara dentre todas as covardias.

Leigos e Leigas do Paraná e deste Brasil, Terras de Santa Cruz, é momento de erguer nossa voz em defesa da VIDA e o faremos sobre a proteção de Maria Nossa Senhora aquela que disse SIM e deu a LUZ ao Senhor de nossas vidas e de nossa história.

Altônia 02 de dezembro de 2016

Dirce Laureano
Presidente do CNLB Regional Sul 2 - Paraná